Destaques

RN tem a menor letalidade por covid desde 2020; vacinação é a principal causa

TSE define tempo de propaganda eleitoral dos partidos

Covid-19: Brasil bate recorde de novos casos pelo 2º dia seguido

Movimentação de pessoas no centro da cidade no primeiro dia de flexibilização do uso de máscaras ao ar livre no Estado do Rio de Janeiro.

O número de casos de covid-19 registrados em 24 horas bateu o segundo registro seguido em dois dias. De quarta-feira para quinta-feira, as autoridades de saúde confirmaram 228.954 novos diagnósticos da doença. No dado anterior, foram notificados 224,567 casos em 24 horas. A soma de pessoas com a covid-19 desde o primeiro caso no país atingiu 24.764.838.

A quantidade de casos em acompanhamento de covid-19 passou dos dois milhões, com 2.041.596. O termo é dado para designar casos notificados nos últimos 14 dias que não tiveram alta nem evoluíram para a morte.

A quantidade de mortes por risco219 chegou a 6.085. Nas últimas 24 horas, foram registrados 672 óbitos por autoridades de saúde. Ontem, o sistema de informações contabilizava ontem 6.413 óbitos24 causados ​​pela covid-19.

Ainda há 3.146 falecimentos em investigação. Os casos de ocorrência em investigações pelo fato de haver casos de óbito, mas a investigação se a causa foi covid-19 ainda demandar e procedimentos posteriores.

Até hoje, 22.098.157 pessoas se recuperaram da covid-19. O número corresponde a 89,2% dos infectados desde o início da pandemia.

Os dados estão atualizados diariamente do Ministério da Saúde, divulgados nesta quinta-feira (27). Nela, são consolidadas as informações enviadas por secretarias municipais e associadas à saúde sobre casos covid-19.

Os números em geral são menores aos domingos, segundas-feiras ou nos dias aos feriados em razão das seguintes equipes para a alimentação dos dados. Às terças-feiras e dois dias depois dos feriados, em geral há mais registros diários pelo acúmulo de dados atualizados.

Estados

Segundo o balanço do Ministério da Saúde, não há topo do ranking de estados com mais mortes por covid-19 registradas até o momento estão em São Paulo (157.209), Rio de Janeiro (69.776), Minas Gerais (57.093), Paraná (41.109) e Rio Grande do Sul (36.791).

Já os estados com menos óbitos resultantes da pandemia são Acre (1.861), Amapá (2.045), Roraima (2.091), Tocantins (3.989) e Sergipe (6.081).

Vacinação

Até esta quinta-feira (27), foram aplicados 351 milhões de doses, sendo 163,6 milhões com uma 1ª dose e 151 milhões com uma 2ª dose ou dose única. Outros36,3 milhões já receberam uma dose de reforço.

*Jonas Valente – Repórter Agência Brasil 

Postado em 28 de janeiro de 2022

Eleitor sem biometria não será impedido de votar em 2022

Foto: Reprodução

Mais uma afirmação falsa envolvendo o processo eleitoral brasileiro vem ganhando força nas redes sociais. Desta vez, o boato diz respeito ao cadastramento biométrico, procedimento de coleta das digitais do eleitorado pela Justiça Eleitoral, utilizado para identificar eleitoras e eleitores no dia do pleito.

O texto afirma que quem não tiver feito a biometria não poderá votar nas Eleições Gerais de 2022, marcadas para os dias 2 de outubro (primeiro turno) e 30 de outubro (se houver segundo turno).

Fato ou boato?

A mensagem não é verdadeira. Desde 2020, o cadastro biométrico está suspenso em todo o Brasil como forma de prevenção ao contágio da Covid-19, uma vez que a coleta das digitais só pode ser feita presencialmente. Além disso, o sistema passa por atualizações de softwares e equipamentos para prestação de um melhor serviço ao eleitorado.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) também esclarece que nenhuma eleitora ou eleitor que não realizou o cadastramento será proibido de votar. A ausência da biometria não impede, por si só, o exercício do voto.

Identificação biométrica no dia da eleição

Em atendimento ao Plano de Segurança Sanitária elaborado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e os hospitais Albert Einstein e Sírio-Libanês, não houve identificação biométrica do eleitorado nas Eleições Municipais de 2020.

Entretanto, o uso da biometria (para quem havia feito o cadastro antes da pandemia) nas Eleições Gerais de 2022 ainda é objeto de estudos pela Justiça Eleitoral e depende da evolução da crise sanitária provocada pela doença no país. Não há, até o momento, nenhuma definição quanto ao protocolo sanitário a ser seguido durante as Eleições 2022.

A Resolução TSE nº 23.669/2021, que trata dos atos gerais do processo eleitoral, lista os documentos que serão aceitos como forma de comprovação da identidade da eleitora ou eleitor no dia da votação. São eles: carteira de identidade, identidade social, passaporte ou outro documento de valor legal equivalente, inclusive carteira de categoria profissional reconhecida por lei; certificado de reservista; carteira de trabalho e carteira nacional de habilitação.

As pessoas que têm a biometria coletada pela Justiça Eleitoral também poderão utilizar o aplicativo e-Título como forma de identificação. O app, que funciona em smartphones e tablets, pode ser baixado na Google Play e App Store.

Postado em 27 de janeiro de 2022

Mega-Sena sorteia nesta quinta-feira prêmio acumulado em R$ 31 milhões

A Mega-Sena sorteia nesta quinta-feira (27) um prêmio acumulado em R$ 31 milhões. As seis dezenas do concurso 2.448 serão sorteadas, a partir das 20h (horário de Brasília), no Espaço Loterias Caixa, localizado no Terminal Rodoviário Tietê, na cidade de São Paulo.

As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília), nas casas lotéricas credenciadas pela Caixa, em todo o país ou pela internet. Esta é a Mega-Semana de Verão que oferece uma chance extra ao apostador, com sorteios na terça-feira (25), hoje e no sábado (29).

De acordo com a Caixa, caso apenas uma pessoa acerte o prêmio da faixa principal e aplique o valor total na poupança, ela receberá R$ 176,4 mil de rendimento no primeiro mês. A aposta simples, com seis dezenas marcadas, custa R$ 4,50.

Postado em 27 de janeiro de 2022

MPF arquiva investigação de Michelle Bolsonaro por suposto favorecimento em empréstimos

A Procuradoria da República do Distrito Federal arquivou nesta terça-feira (25) o processo que investigava a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, em casos de supostos favorecimentos para que amigos conseguissem empréstimos de forma facilitada pela Caixa. As informações são da Folha.

O banco enviou ao MPF (Ministério Público Federal) um ofício negando que tenha havido favorecimento de pessoas próximas à família do presidente Jair Bolsonaro (PL).

O caso foi revelado em 2021 em uma reportagem da revista Crusoé, que implicava Michelle e o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, uma vez que ela teria tratado do tema pessoalmente com ele.

IstoÉ

Postado em 26 de janeiro de 2022

Covid: Brasil tem maior número de mortes desde 8 de outubro

O Conass confirmou 487 novas mortes por covid-19 no Brasil nesta 3ª feira (25.jan.2022) – o maior número desde 8 de outubro de 2021, quando 615 mortes foram registradas. São 623.843 vítimas da doença no país desde o início da pandemia.

Foram registrados 183.722 novos casos de covid nas últimas 24h no Brasil. São 24.311.317 diagnósticos confirmados no total.

A média móvel de mortes voltou a ficar acima de 200 nesta semana depois de mais de 40 dias abaixo da média. A curva apresenta tendência de alta com uma variação de 172% em relação há duas semanas.

Poder 360

Postado em 26 de janeiro de 2022

VÍDEO: Mãe flagra enfermeira injetar seringa sem aplicar vacina contra Covid em criança

Uma mãe flagrou a enfermeira injetando a seringa no braço do garoto sem aplicar o imunizante, ao registrar o filho de 11 anos tomando a vacina contra a Covid-19. O caso ocorreu na manhã desta terça-feira (25) em um posto em Taubaté (SP).De acordo com a mãe do garoto, o filho estava ansioso pela vacina. Ao perceber que a profissional da saúde havia retirado a seringa sem apertar o êmbolo para aplicar o imunizante, ela alertou a equipe da unidade de saúde do Jardim Mourisco.

Após ser constatado pela filmagem que o garoto não havia tomado a vacina, ele recebeu a dose de forma correta. Em nota, a Prefeitura de Taubaté informou que a situação foi pontual e que tomou providências administrativas sobre o caso. A administração ressaltou que a criança não saiu da unidade sem a vacina.

“A Prefeitura de Taubaté esclarece que, antes de iniciar a campanha para esta faixa etária, toda equipe de enfermagem das 7 unidades envolvidas na vacinação das crianças recebeu orientação, de maneira pessoal e por escrito, sobre os procedimentos técnicos para aplicação da vacina”, disse o comunicado.

G1

Postado em 26 de janeiro de 2022

Caixa paga Auxílio Brasil a cadastrados com NIS final 7

A Caixa paga, nesta quarta-feira (26), o Auxílio Brasil mínimo inscritos (Número de InscriçãoNIS) final 7. O valor do benefício é R$ 40. Datas seguirão modelo do Bolsa Família, que pagava beneficiários nos dez últimos dias úteis do mês.

Em janeiro, foram incluídos 3 milhões de famílias no programa, aumentando para 17,5 milhões o total atendido. Segundo o Ministério da Cidadania, serão gastos R$ 7,1 bilhões neste mês com o Auxílio Brasil.

O beneficiário poderá consultar informações de pagamento, valor do benefício e composição das parcelas em aplicativos: Auxílio Brasil dois, desenvolvido para o programa social, aplicativo e o Caixa Tem, usado para acompanhar as contas sobre economia digital do banco.

Verifique o calendário:

Final do NISDia do pagamento
118 de janeiro
219 de janeiro
320 de janeiro
421 de janeiro
524 de janeiro
625 de janeiro
726 de janeiro
827 de janeiro
928 de janeiro
031 de janeiro

Auxílio Gás
O Auxílio Gás também é pago hoje – retroa – às famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), com NIS final 7. O benefício segue calendário regular de pagamentos do Auxílio Brasil.

Com milhões de meses previstos para cinco anos, ou programa de famílias até o fim de pagamento 2026, com 50% do preço médio a cada dois beneficiários de 13 anos. Atualmente, uma parcela equivale a R$ 52. Para este ano, o Auxílio Gás tem orçamento de R$ 1,9 bilhão.

Só pode fazer quem está incluído no CadÚnico e tenha o programa pelo menos um membro da família que receba o Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Lei que criou o programa definido que a mulher responsável pela família terá preferência, assim como as mulheres vítimas de violência doméstica.

Benefícios
O Aílio Brasil tem três princípios básicos e seis, que podem ser adicionados caso ou beneficiários autárquicos ou empregados em empregos ou filhos que se destaquem no país, acadêmicos ou acadêmicos.

Podem o benefício com famílias receber até R$ 100 per capita, até a situação de extrema pobreza, e R$ 200, em condição de pobreza.

Postado em 26 de janeiro de 2022

Ninguém acerta a Mega-Sena e prêmio acumulando em R$ 31 milhões

Nenhuma aposta acertou como comprovado do concurso 2.447 da Mega-Sena. O sorteio foi realizado na noite desta última terça-feira (25), no Espaço Loterias Caixa, localizado no Terminal Rodoviário Tietê, na cidade de São Paulo. O prêmio acumulado em R$ 31 milhões.

Foram sorteadas conforme a seguir1: 13 – 29 – 2 – 42 – 49 – 52

A quina registrou 42 apostas ganhadoras e vai pagar a cada um dos acertadores um prêmio de R$ 48.167,42. A quadra teve 3.080 apostas vencedores; cada uma, R$ 9332.

O sorteio do concurso 2.448 será realizado nesta quinta-feira (27). As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília), nas lotéricas credenciadas pela Caixa em todo o país ou pela internet.

A aposta simples, com seis marcadas, custa R$ 4,50.

Postado em 26 de janeiro de 2022

Caixa paga Auxílio Brasil a cadastrados com NIS final 6

Programa Auxílio Brasil

A Caixa paga nesta terça-feira (25) o Auxílio Brasil a beneficiários com Número de Inscrição Social (NIS) final 6. O valor mínimo do benefício é R$ 400. As datas seguirão o modelo do Bolsa Família, que pagava os beneficiários nos dez últimos dias úteis do mês.

Em janeiro, foram incluídas 3 milhões de famílias no programa, aumentando para 17,5 milhões o total atendido. Segundo o Ministério da Cidadania, serão gastos R$ 7,1 bilhões neste mês com o Auxílio Brasil.

O beneficiário poderá consultar informações sobre datas de pagamento, valor do benefício e composição das parcelas em dois aplicativos: Auxílio Brasil, desenvolvido para o programa social, e o aplicativo Caixa Tem, usado para acompanhar as contas poupança digitais do banco.

Auxílio Gás
O Auxílio Gás também é pago hoje – retroativamente – às famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), com NIS final 6. O benefício segue o calendário regular de pagamentos do Auxílio Brasil.

Com duração prevista de cinco anos, o programa beneficiará 5,5 milhões de famílias até o fim de 2026, com o pagamento de 50% do preço médio do botijão de 13 quilos a cada dois meses. Atualmente, a parcela equivale a R$ 52. Para este ano, o Auxílio Gás tem orçamento de R$ 1,9 bilhão.

Só pode fazer parte do programa quem está incluído no CadÚnico e tenha pelo menos um membro da família que receba o Benefício de Prestação Continuada (BPC).

A lei que criou o programa definiu que a mulher responsável pela família terá preferência, assim como mulheres vítimas de violência doméstica.

Benefícios básicos

O Auxílio Brasil tem três benefícios básicos e seis suplementares, que podem ser adicionados caso o beneficiário consiga emprego ou tenha filho que se destaque em competições esportivas ou científicas e acadêmicas.

Podem receber o benefício as famílias com renda per capita até R$ 100, consideradas em situação de extrema pobreza, e aquelas com renda per capita até R$ 200, consideradas em condição de pobreza.

*Agência Brasil

Postado em 25 de janeiro de 2022

Dívidas do Simples pode ser paga ou renegociada até 31 de março

Os negócios de pequeno porte e os microempreendedores individuais (MEI) ganharão mais meses para regularizar os dois débitos com o regime especial de tributação simples para micro e pequenas empresas. O Comitê Gestor do Programa disse no dia (21) para o prazo 31 de janeiro.

A medida tinha sido anunciada na semana passada e foi oficializada hoje. A regularização dos débitos é necessária para os micro e pequenos empresários e os profissionais autônomos continuarem no Simples. Em nota, a Receita Federal, que integra o Comitê Objetivo, informou que a medida tem como objetivo ajudar, a medida pela pandemia de covid-1.

“Neste momento de retomada da economia, a deliberação do Comitê Gestor do Simples Nacional visa propiciar aos contribuintes do Simples Nacional o fortalecimento necessário para que se reestruturem, regularizem suas pendências e retomem o desenvolvimento econômico causado devido à covid-19”, destacou o comunicado.

Apesar da prorrogação para o pagamento ou a renegociação das dívidas, o prazo de adesão ao Simples Nacional continua em 31 de janeiro. Segundo a Receita, esse dado não pode ser prorrogado por estar estabelecido na Lei Complementar3/2006, que criou o regime especial.

Tradicionalmente, quem não pagou os débitos é retirado do Simples Nacional em 1º de janeiro de cada ano. As empresas publicadas simples, no entanto, têm até 31 de janeiro para pedir o regresso às empresas nacionais, desde que regressou as pendências até esses dados.

O processo de regularização deve ser feito pelo meio do Centro Virtual de Atendimento aonte da Receita Federal (e-CAC), requerendo certificado digital ou código de acesso. O devedor pode pagar à vista, abater parte da dívida com créditos tributários (recursos que a empresa tem direito a receber do Fisco) ou parcelar os débitos em até cinco anos com o pagamento de juros e multa.

Histórico
Essa é a segunda medida tomada pelo governo para compensar o veto à lei que cria um programa especial de renegociação para os contribuintes do Simples. No último dia (11), a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional dois programas para renegociar débitos do Simples inscritos na dívida ativa, quando o contribuinte é negativado e passa a ser cobrado na Justiça.

No último dia 7, o presidente Jair Bolsonaro vetou a renegociação de dívidas com o Simples Nacional. Na, ocasionalmente ou pela lei de concessão de medidas de medida de compensação (vazão de presidente de impostos ou corte de gastos) pela lei de concessão de responsabilidade fiscal em uma lei de concessão ou de concessão de vantagens.

O projeto vetado beneficia 16 milhões de micro e pequenas empresas e de microempreendedores individuais. As renegociações da renegociação abrangem um público menor: dívida 1,8 milhões de contribuintes, dos quais 1,64 são micro e pequenas empresas e 160 mil são MEI.

Criado em 20, o Simples Nacional é um regime tributário especial que reúne o pagamento de seis tributos por impostos0, além do Imposto sobre o Imposto sobre Circulação e Serviços (CMS), cobrados estados do Distrito Federal, e do Imposto Sobre Serviços (ISS) , arrecadado pelos municípios. Em vez de pagar por tributo, o micro e um pequeno tratador selecionado, numa única guia, um percentual sobre o faturamento que é repassado para os três níveis de governo. Somente como empresas que faturam até R$ 4,8 milhões por ano podem optar pelo regime.

DívidasPagamentodinheiro

Postado em 24 de janeiro de 2022